Make your own free website on Tripod.com
SIMPATIAS CORPO E MENTE

PARA OS MALEFÍCIOS DO FUMO

Algumas informações, quando divulgadas, parecem não fazer muito sentido nem ter muita relação conosco, principalmente quando se trata de um vício que nós, para nos enganarmos e continuarmos na nossa ilusão, chamamos de prazer. O fumo é um desses vícios, travestidos de prazer. Se você pegar uma gota de nicotina e colocar no bico de um pombo, com certeza vai matá-lo. E você, que é fumante, vai dizer que não é um pombo e que não bebe nicotina, mas fuma cigarros apenas. Lá na frente, em algum momento, você vai perceber a relação. Como o pombo é pequeno e a concentração de nicotina é grande, ele morre na hora. Como você é grande e a concentração de nicotina é pequena, você morre lentamente. Se você não consegue parar de fumar, pelo menos amenize os malefícios da nicotina, fazendo bochechos e tomando diariamente, pela manhã e antes de dormir, chá de tanchagem.

PARA SANGUE GROSSO

Sempre conhecemos esse problema como sangue grosso ou com um teor de gordura muito alto. É o tal colesterol que hoje em dia atormenta todo mundo, privando-os de seus prazeres mais comuns, como a boa alimentação. O que falta, nesse caso, é apenas o conhecimento para balancear a alimentação. Ao mesmo tempo em que ingere uma carne gordurosa, você tem que ingerir também um alimento que ajude a dissolver essa gordura, como o limão. Ao invés de ser um problema médico, esse problema com o sangue pode ser problema para um nutricionista. E se você tem tido problema, habitue-se a tomar um chá feito com as ponteiras do chuchuzeiro. E não deixe de comer esse alimento cozido, em salada, com fatias finas de limão apenas, sem sal.

PARA DERRAME

Apenas neste século começamos a perceber um aumento nos casos de derrame entre os ciganos, fruto com certeza do sedentarismo a que muitos se sujeitaram. Enquanto em sua vida de liberdade, o cigano jamais experimentou esse tipo de problema. Ou se havia, eram raros, frutos de excessos na bebida e na comida. A maneira de tratarmos isso é seguindo toda a orientação da terapêutica cigana, que busca suas soluções na natureza. Uma das primeiras providências para promover a recuperação do doente é manter sua cabeça sempre mais elevada do que o corpo. Com freqüência aplicar compressas úmidas e mornas da cintura para baixo e, na testa e no alto da cabeça, cataplasmas frios de coalhada de leite. A alimentação deve ser controlada, começando com apenas água e líquidos em pequenas quantidades e, à medida em que o doente for se recuperando, acrescentar frutas e, finalmente, saladas cruas, temperadas com limão e sem sal. Com vinagre de maçã e água, ao final do dia, logo após o pôr-do-sol, iniciar uma fricção na pele, partindo dos pés e indo até a linha dos ombros. Na seqüência da recuperação do doente, manter a alimentação sob controle para evitar principalmente a prisão de ventre. Para isso, alimentos como o agrião, alecrim, alho, chuchu, limão e maracujá não podem faltar jamais. Caminhadas breves, aumentando a distância gradativamente são necessárias.

PARA AFTAS

São terrivelmente incômodas essas inflamações na parte interna da boca, provocando ulcerações doloridas, que reagem com alguns alimentos, ardendo ou acentuando a dor. Normalmente são passageiras, mas uma vez instaladas ficam encruadas. A cura para esse mal não é nada divertida, pois a cauterização local resolve o problema ali e naquele momento, podendo retornar em um outro ponto futuramente. Para nós, ciganos, as aftas são um sintoma de um problema localizado no estômago, que só se resolve com a boa digestão e o bom funcionamento dos intestinos. Assim sendo, as providências para se ver livre das aftas passa obrigatoriamente por algumas etapas: A primeira é a cauterização local, feita com limão puro, passado com um cotonete, diversas vezes ao dia. Em seguida, incluir nos seus hábitos alimentares a ingestão de uma colher de óleo de oliva, de manhã, em jejum e antes das principais refeições. Ao se deitar, beber um copo de água com uma colher de mel puro. Depois disso, não pôr mais nada na boca até o dia seguinte. Bochechos e gargarejos com chás de alfavaca, amora, tanchagem, limão ou salva, sem açúcar, completam o tratamento natural.

PARA AFASTAR DOENÇAS

Os ciganos têm alguns hábitos peculiares. Entre eles, está o de não permitir que alguém os espere e muito menos fique olhando, enquanto estão fazendo uma refeição. Para nós, é preferível deixar a comida esfriando e ir resolver o problema. Caso contrário, corre-se o risco de adquirir um tipo especial de mau-olhado que não entra pelos olhos, mas pela boca e vai se instalar no estômago, provocando a prisão de ventre e todos os males que vem com ela. Se você quiser fazer mal a uma pessoa, passe diante da casa dela, no momento em que ela está fazendo uma refeição, e diga em voz baixa: "— Fulano(a), estou esperando por você!" Para se proteger desse verdadeiro ataque à traição, em todas as refeições é bom incluir um pouco de gengibre ralado numa salada.

PARA MANTER A VITALIDADE

Nos antigos acampamentos ciganos era comum se ver homens e mulheres, passados dos oitenta anos, dançando, cantando e se divertindo como jovens de vinte anos. Isso tudo era fruto de uma vida livre e saudável, de uma alimentação correta, do uso moderado do vinho e de ervas e produtos naturais, em que nós, ciganos, sempre fomos especialistas. Em cada país que chegávamos, não demorávamos muito para descobrir as plantas que nos eram desconhecidas, bem como suas propriedades. Quando as primeiras levas chegaram aqui no Brasil, logo encontraram o que sempre consideraram o alimento revitalizante por excelência: o coco. Uma das simpatias mais revigorantes criadas pelos nossos antepassados, após sua chegada ao Brasil, foi essa: Na Lua Crescente, pegue um coco maduro, abra-o, tirando o miolo e a água. Antigamente ralava-se e socava a polpa. Hoje você pode pôr tudo no liqüidificador e acrescentar uma garrafa de vinho branco doce. Tomar um cálice dessa mistura antes das refeições, agitando-a primeiro. Manter na geladeira bem tampado.

PARA O FÍGADO

Nós sempre tomamos um cuidado especial com o fígado, evitando excessos ou contrabalançando isso com uma dieta equilibrada e o consumo de plantas indicadas para normalizar as funções dessa importante glândula. Um cigano com problemas de fígado é um cigano perigoso, pois o mau humor, num temperamento passional e sangüíneo, não resulta numa boa mistura. Em qualquer caso, envolvendo uma crise de fígado, a receita cigana é simples: repouso. Saturar o organismo com outras drogas só vai prejudicar o estômago, os rins e o próprio fígado. O repouso permite que ele se regenere. Para auxiliar essa recuperação, uma dieta de frutas, saladas e sopas de cereais são excelentes. Alternar com chás de agrião, ananás, angélica, anil, bardana, folhas de boldo, carqueja, raiz de juá, jurubeba, quebra-pedra, salsa e tantas outras, conhecidas e facilmente encontradas nas lojas de ervas e raízes. Observação: Se o seu problema é crônico, pode repetir a simpatia indefinidamente. Os restos de cada preparado devem ser enterrados em terreno seco, onde bata bastante sol durante todo o dia.

PARA REUMATISMO

Uma das piores coisas do reumatismo são, sem dúvida, as dores que atacam as juntas, inchando-as e esquentando-as , o que significa mais dor e mais inchaço, num círculo-vicioso terrível. As drogas para aliviar a dor e a infecção acabam comprometendo todo o organismo, pois são sempre muito fortes. Neste país os ciganos descobriram uma flora riquíssima, com inúmeras plantas recomendadas para tratar esse problema, mas há um excepcional, que funciona rapidamente, embora, aparentemente, possa parecer cruel. Pegue, com os devidos cuidados, folhas frescas de urtiga e esfregue na região dolorida, fazendo em seguida uma fricção com água benta fria. Observação: Diversos registros a respeito dessa simpatia recomendam que, no momento de se esfregar a urtiga, deve-se acender uma vela a Nossa Senhora das Dores ou a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. O doente deve rezar sete Ave Maria, enquanto é feita a esfregação e a fricção.

PARA RESFRIADO DE INVERNO

Há pessoas que, quando chega o inverno, enfrentam graves problemas com resfriados e gripes, a cada vez que o clima muda. Se esfria um pouco, adoecem. Se esquenta, pioram. Como essa é uma estação muito instável, a melhor maneira de enfrentar o problema á prevenir-se através de uma simpatia. Esta é uma das mais simples. Coloque um copo de vinho tinto e outro de água paras aquecer. Enquanto isso, bata um ovo fertilizado com três colheres de mel, até ficar bem misturado. Despeje o vinho e a água quentes sobre ele e tome em jejum. Repita de sete em sete dias, enquanto durar o inverno.

PARA DOR-DE-CABEÇA

A Cromoterapia é um dos ramos das medicinas alternativas cultivadas pelos ciganos tradicionais. No Oriente, principalmente, esse tipo de tratamento, cujo componente básico é a luz, tem sido usado há milênios, sem contra-indicações ou efeitos colaterais, desde que se obedeçam às instruções, simples de modo geral. Para a dor-de-cabeça, por exemplo, o tratamento é muito simples. Basta amarrar um lenço vermelho no alto da cabeça, cobrindo a testa, as laterais acima das orelhas e até a nuca. Ficar de costas para uma janela aberta por quinze minutos, depois se deitar num aposento escuro.

PARA DOR DE OUVIDO

Este é um problema que aflige, normalmente, às crianças. Há muitas simpatias para isso mas, com certeza, uma simpatia cigana é a mais simples e fácil de ser feita. Pegue fiapos de lã vermelha, umedeça em óleo morno, esprema, depois aplique no ouvido da criança, deixando por sete minutos, próximo da luz. Esse óleo, para ser usado com melhores resultados, pode ser posto num copo ou um pires branco, coberto com um lenço ou um papel vermelho e deixado ao sol para aquecer.

PARA A SINUSITE

Esta é uma doença que ataca jovens e adultos, sempre incomodando terrivelmente, pois sua dor se ramifica para os olhos, para o alto da cabeça e para os ouvidos, muitas vezes provocando até problemas de labirintose. Para ser tratada, exige um pouco de paciência, mas não oferece maiores complicações. Basta amarrar um lenço vermelho na testa, dando a volta na cabeça, expondo-se ao sol pela manhã, por quinze minutos, e à tarde, por mais quinze. Como complemento, envolver em papel vermelho ou pôr numa embalagem vermelha medicamentos prescritos pelo seu médico, principalmente líquidos para serem aplicados diretamente nas narinas.

PARA DOR DE GARGANTA

Muitas podem ser as causas de uma infeção na garganta, pois as amígdalas formam a primeira concentração das defesas do nosso organismo. Quando infeccionam, é sinal que estão nos defendendo de alguma agressão. Além dos remédios prescritos pelo seu médico, amarre um lenço vermelho em sua garganta, tomando banhos de luz ou de sol de quinze minutos pela manhã, mais quinze minutos à tarde. Deixe ao sol, por três horas, um litro de água, numa embalagem transparente, envolta com papel vermelho. Use-a depois, com suco de limão, para fazer gargarejos de hora em hora.

PARA REVIGORAR

O uso das cores no tratamento das mais diversas doenças sempre foi tradicional e quase instintivo entre os ciganos. Suas roupas coloridas, parte de suas tradições e de sua cultura, nada mais são que a manifestação de sua confiança nesse tipo de tratamento. Os ciganos não usam as roupas coloridas porque gostam apenas, mas porque as cores usadas têm uma função terapêutica. Para quem se sente cansado, sem energia e cominado pela preguiça, nada como usar, por uma tarde inteira, uma camisa ou uma blusa vermelha. As radiações dessa cor seguramente agirão sobre seu corpo, revigorando-o.

PARA O ESTRESSE

Essa doença apresenta sintomas interessantes que têm sido confundidos com problemas de ordem espiritual, como visões, vozes, possessão. Na realidade, são manifestações físicas, quando a mente perde o controle sobre o corpo, por se encontrar sobrecarregada de preocupações e problemas de toda ordem. Para tratar isso, não é preciso exorcismo nem freqüentar uma dessas igrejas messiânicas e milagrosas. Basta usar, durante sete manhãs seguidas, uma camisa ou uma blusa cor-de-laranja.

PARA PROBLEMAS NERVOSOS

Muita gente sofre hoje em dia de problemas com os nervos, fruto desse mundo conturbado que enfrentamos. Tomam remédios fortes, que as mantêm atordoadas o tempo inteiro, quando, na realidade, o que ocorre é apenas um desequilíbrio em seus corpos. Para os ciganos, esse é um problema tratado logo nos primeiros sintomas e de uma maneira surpreendente para as demais pessoas. Basta simplesmente usar uma fita verde larga, dando três voltas ao redor de cada pulso e amarrada sem apertar. Usar até cair naturalmente.

PARA A MEMÓRIA

O uso de lenços coloridos na cabeça se tornou um modismo no mundo inteiro, principalmente entre os jovens, e foi copiado dos ciganos. Muitos os usam indiscriminadamente, sem atentar para os resultados que a radiação e a vibração de uma cor pode provocar nele. Cada cor tem suas indicações e isso não pode ser feito dessa forma. Para a memória, por exemplo, o indicado é o uso de um lenço azul, preso no alto da cabeça, diariamente. Pode-se colocar também o xampu usado para lavar a cabeça numa embalagem transparente, envolver com papel azul e deixar próximo à janela, para pegar luminosidade. Os resultados são mais lentos, mas constantes.

PARA ENFRENTAR A TENSÃO

Sempre que precisar enfrentar alguma coisa que lhe provocará tensão, como um exame ou uma prova mais difícil ou onde precisa de uma nota maior, além de estudar, controle os seus nervos, sua ansiedade e sua tensão com uma simpatia muito simples. Pegue um lenço de seda na cor violeta e amarre-o, sem apertar, no seu braço direito, acima do cotovelo. Aliás, o uso de lenços amarrados no corpo se tornou muito popular entre as gangues americanas, para identificação, criando um modismo. Tudo isso por causa dos hábitos de ciganos porto-riquenhos e jamaicanos, que o faziam com fins curativos, sendo mal interpretado e mal usado pelos jovens.

PARA O ENVELHECIMENTO PRECOCE

Algumas pessoas, por características genéticas, podem apresentar um envelhecimento mais rápido do que as demais. Isso é notado nas rugas e nos cabelos brancos, que surgem logo nos primeiros anos da maturidade. Para essas pessoas, nada como utilizar permanentemente uma simpatia cigana, mantendo um estoque de água filtrada guardado em recipientes de vidro vermelho ou envolvidos com papel vermelho. Diariamente, usar apenas dessa água para lavar o rosto, os cabelos e até para beber. Quando sair ao sol, usar um boné vermelho, com uma viseira da mesma cor, mas transparente.

PARA A DEPRESSÃO

Uma pessoa que sofre de depressão terá que estar constantemente em tratamento, pois a cura é lenta e demorada. Além disso, os remédios usados são sempre muito fortes e acabam produzindo efeitos colaterais violentos. Melhor seria se as pessoas, antes mesmo dos primeiros sintomas ou manifestações dessa doença, tivessem, em seu guarda-roupa, pelo menos uma peça de cor alaranjada, usando-a pelo menos uma vez por semana. Ou então, uma vez por semestre ou mesmo por ano, amarrar no pulso direito, com três voltas sem apertar, uma fita alaranjada larga.

PARA PROBLEMAS DE FADIGA MENTAL

Esse fenômeno é muito comum em estudantes, principalmente quando se aproxima o final do ano, com as últimas provas e os exames finais. O cansaço mental é muito evidente e pode causar problemas de concentração, prejudicando os resultados, se não for logo tratado, o que exigirá medicamentos controlados. Se durante o ano, no entanto, ele usar um boné amarelo para ir para a escola ou amarrar um lenço dessa cor na cabeça, com certeza chegará ao ano livre desse mal.

PARA CICATRIZAÇÃO

A cor branca sempre foi recomendada para o uso em medicina, por facilitar a limpeza e a desinfecção. Outras cores, porém, também poderiam ser usadas, no momento certo e para o tratamento adequado. Num ferimento, o curativo com gaze ou esparadrapo branco é muito útil nos primeiros momentos. Uma vez iniciado o processo de cicatrização, o ideal é envolver esse ferimento com um tecido azul, sendo o linho o mais indicado para isso.

PARA RELAXAR

Após um dia de trabalho particularmente tenso e cansativo ou no final de semana, para relaxar das tensões do trabalho, as pessoas se valem de inúmeras práticas, desde o esporte até a massagem ou a pescaria. Um modo fácil de se relaxar é simplesmente usar uma lâmpada violeta no seu aposento, deixando-a acesa, enquanto se deita para relaxar, após um banho morno.

PARA A SAÚDE DO CORPO

Muita gente se surpreende com alguns elementos utilizados pelos ciganos em suas simpatias, mas é importante ter em mente que sempre fizemos simpatias com o que a natureza nos oferece e que se encontra ao nosso alcance. Por esse motivo, ninguém deve achar estranho uma simpatia para a saúde geral do corpo que tenha como elemento nada mais nada menos que água pura. Nosso corpo é composto, em sua maioria, de água. Sem ela, não haveria vida sobre a terra, por isso não é preciso dizer mais nada sobre sua importância. Se você anda se sentindo muito cansado ultimamente, com o corpo pesado, muita indisposição, digestão difícil, faça a seguinte simpatia. Pela manhã, logo ao acordar, beba um copo de água morna. Depois, durante o dia, enquanto houver luz no céu, beba outros sete copos de água morna. À noite, antes de dormir, tome um último copo.

PARA DESCARREGAR ENERGIAS NEGATIVAS

Durante um dia, se movimentando de um lado para outro, você cruza com pessoas, passando por seus campos de energia e atravessa lugares carregados de energias negativas que, sem que você perceba, vão impregnando seu corpo. Quando retorna, leva tudo isso para casa, deixando-o na sua poltrona, na sua cama ou às paredes, onde vai se juntar com tudo que os outros membros da família também trouxeram. Ao fim de algum tempo, todos em sua casa, inclusive ela, se encontram carregados dessas energias, que começam a se refletir principalmente na forma de doenças, males súbitos e distúrbios. Como o importante é sempre prevenir, não deixe que isso entre em sua casa nem que as pessoas de sua casa façam o mesmo. Para isso, coloque um vaso com mudas de espadas-de-são-jorge e arruda na entrada de sua casa, ao lado da porta, do lado de fora. Oriente a todos os seus familiares para que toquem as plantas por instantes, quando chegarem em casa. Observação: o campo de energia de uma pessoa pode ser sentido quando você se encontra num elevador lotado, com as pessoas muito próximas umas das outras. Como você fica entre os diversos campos de energias das outras pessoas, é comum se sentir com falta de ar, tontura, sensação de pressão no peito e outras.

PARA DOR-DE-CABEÇA

Esse mal pode atacar de forma crônica e dia após dia, a dor se repete, sem que se consiga encontrar uma cura ou um alívio. As causas podem ser as mais diferentes e a ciência ainda não conseguiu chegar a um diagnóstico nem a uma cura definitivos. Antes de ficar se dopando com todo tipo de analgésicos e medicamentos, os ciganos procuram encontrar terapias alternativas que sejam eficientes e que não produzam efeitos colaterais. Uma delas é a Cromoterapia, que usa apenas as cores para seus tratamentos. Se sofre de dor-de-cabeça, deve procurar descobrir qual é a cor que vibra positivamente para você. Para isso, quando estiver sentindo a dor, isole-se num aposento e cubra os vidros da janela com papel celofane colorido. Inicie com a cor do seu signo, depois vá alternando até descobrir qual deles alivia a dor. A partir daí, mantenha esse papel na janela e compre um lenço de seda da mesma cor para usar, envolvendo sua cabeça, quando sair ao sol.

PARA DESCONTROLE EMOCIONAL

Se você é do tipo que se descontrola quando fica nervoso(a), deve começar a tomar alguns cuidados, pois isso pode ser sintoma de hipertensão ou levar a ela. Pode ser decorrente do estresse, que hoje em dia é uma doença muito séria, que pouca gente está percebendo a gravidade. Procurar o auxílio médico é importante, porque ele tem condições de diagnosticar os motivos desse descontrole e desse nervosismo, que podem ser simples e passageiros ou mais sérios. Enquanto não faz isso, use uma simpatia para manter a mente clara e o espírito em paz, duas providências muito importantes para quem se encontra nesse estado. Diariamente, ao se levantar, acenda uma vela branca num pires, espalhe açúcar ao redor e leia sete versículos de uma página da Bíblia, aberta de modo aleatório. Simplesmente abra, escolha um ponto onde começar e leia sete versículos. Repita por sete dias.

PARA PROBLEMAS NERVOSOS

Caso você tenha constantes crises nervosas, já tenha procurado tratamento médico e não tenha encontrado solução, é possível que seu problema não esteja no campo físico e material, mas no campo espiritual. Quando suas defesas espirituais estão em baixa, sua saúde pode ser arruinada facilmente. Para se ver livre desse nervosismo, você precisará de um pouco de sorte. Quando chover, fique atento(a) ao céu, esperando por um arco-íris. Ao ver um, tome imediatamente um copo de água, tire os sapatos e pise no barro ou num gramado molhado. Repita por sete arco-íris seguidos.

PARA VÔMITO

O vômito pode ser um sintoma de algum problema mais grave, mas traz consigo alguns inconvenientes. Se nada pára em seu estômago, você perderá forças e não poderá repor nutrientes e líquidos perdidos. Nesses casos, é preciso interromper logo esse processo, antes que você se debilite demais. Para isso, nada mais prático e acessível que lançar mão de uma simpatia muito conhecida e praticada: Tome uma xícara de chá de erva-doce frio, a cada três horas, tão logo perceba que nada está parando em seu estômago. Procure o Posto de Saúde mais próximo de sua casa.

PARA NÃO SER PEGO DESPREVENIDO

Boa parte das simpatias ciganas para a saúde são destinadas à prevenção das doenças, não desta ou daquela especificamente, mas de todas em geral. Isso só pode ser feito se você der ao seu corpo um tratamento geral de fortalecimento e de energização, porque acreditamos que muitas doenças têm suas origens em desequilíbrios de energia ou influência de energias negativas. Uma simpatia preventiva, excelente para manter seu corpo protegido e, ao mesmo tempo, canalizar energias positivas e retirar as negativas, é a seguinte: Numa sexta-feira de Lua Cheia, pegue uma foto sua recente, de corpo inteiro, coloque num envelope branco, juntamente com um punhado de sal grosso, lacre e amarre uma fita vermelha, em forma de cruz, arrematando com um nó cego. Enterre num jardim, próximo de um formigueiro.

PARA ROUQUIDÃO

Pode acontecer de, no inverno ou durante uma gripe, você fique com a garganta irritada e rouco(a). É um sintoma que passará quando a gripe acabar. Se ocorrer, porém, dessa rouquidão persistir, é sinal de que alguns cuidados devem ser tomados. Para isso, nada como uma simpatia antiga e sempre muito útil para isso. Antes de ir dormir, aqueça um pouco de suco de limão, misture com água morna, coloque uma pitada de sal e faça gargarejos com isso. Depois desse gargarejo, evitar por os pés descalços no assoalho. Observação: esta simpatia tem sido muito utilizada por pessoas que fumam e que sentem a garganta áspera, com tosse e rouquidão, apenas acrescentando mel em lugar do sal. Em qualquer dos casos, no entanto, uma consulta ao médico é importante, principalmente quando a rouquidão diminui, mas não desaparece.

PARA OBESIDADE

Uma constatação científica interessante foi feita recentemente: a de que o corpo humano não está preparado para a inatividade ou a vida sedentária. A obesidade é decorrente da acomodação e do conforto excessivo, que faz com que as pessoas não mais exijam de si mesmas a movimentação necessária. As causas, porém, vão mais além disso. A rotina da casa para o trabalho e do trabalho para casa também é por força de uma crise econômica crônica que nos assola, aliada à violência, que simplesmente prende as pessoas em casa, tornando-as ansiosas e sedentárias. Enquanto as soluções maiores não surgem, cuide-se, fazendo a seguinte simpatia, assim que perceber que anda ansioso(a) em demasia, comendo demais e ganhando peso. Pela manhã, em jejum, tome água morna com suco de um limão. À noite, antes de ir dormir, faça o mesmo. Durante o dia, quando sentir vontade de beliscar ou de comer alguma coisa fora dos horários, beba primeiro água morna com suco de limão.

PARA PERDR PESO

Você se descuidou, cometeu alguns excessos e, quando deu por si, havia ultrapassado seu peso. Ao tentar voltar ao peso normal, percebeu que não é tão fácil assim e está ficando desesperado(a) por causa disso. Como fica tenso(a), acaba comendo mais. E com isso ganhando mais peso. Antes que entre nesse círculo-vicioso, imponha uma disciplina mínima em sua vida, fazendo a seguinte simpatia. Pese-se e anote seu peso. A partir do dia seguinte, levante-se cedo e faça uma caminhada, passando por tantas esquinas quantos sejam os quilos de seu peso, dividido por quatro. Se pesar cem quilos, serão vinte e cinco esquinas. Leve consigo miolo de pão e em cada esquina, na ida, deixe cair uma bolinha, como se estivesse marcando o caminho. Observe constantemente seu peso. Para casa quilo que diminuir, aumente quatro esquinas ao seu trajeto. Controle a alimentação.

PARA A SAÚDE MENTAL

Algumas simpatias são extremamente simples, mas seus resultados são rápidos e eficazes. Tudo que se refere à saúde mental das pessoas hoje em dia, passa por uma doença chamada estresse, cujos sintomas enganam, pois podem ser facilmente confundidos com tormentos espirituais e coisas desse gênero. Na realidade, é apenas a mente dando sinais, através do corpo, de que a pressão da vida cotidiana e de acontecimentos inesperados está sendo muito forte e que se faz necessária uma pausa. O segredo é desligar-se e repor as energias em nossa bateria mental. Para isso, há uma prática muito simples, mas muito utilizada em todas as partes deste país. Você pode escolher qual é a que está ao seu alcance. Durante sete dias, toda manhã, no momento em que o sol nasce, ficar sete minutos em pé sob uma cachoeira ou uma queda de água. Se não tiver uma por perto, ficar sete minutos deitado numa correnteza de rio, desde que num ponto raso e que tenha areia no fundo. Finalmente, você pode também se deitar numa praia e deixar que sete ondas passem sobre seu corpo, tomando todas as precauções, é claro, para evitar acidentes. Em qualquer uma dessas opções, mantenha em sua mão esquerda fechada um raminho de alecrim.

PARA QUEDAS DE PRESSÃO E DORES INESPERADAS

Qualquer pessoa pode passar por isso a qualquer momento. De repente, uma queda de pressão inesperada ou uma dor que surge em qualquer parte do corpo, como se as carnes tivessem sido trespassadas por um punhal. Algumas vezes, o sintoma pode ser também uma sensação de sufocamento repentino. São males que, numa consulta posterior, jamais serão detectadas, mas que podem retornar. Os ciganos acreditam que sejam causados por campos de energia negativa que estão por toda parte. Para se ver livre disse tipo de problema, uma recomendação muito útil e jamais sair de casa sem ter antes posto um pouquinho de pó de café numa xícara, misturado água fria e bebido em seguida. Fazer o mesmo na volta.

PARA NEVRALGIAS

Há pessoas que passam a vida inteira atormentados por dores nevrálgicas e mesmo por dores de cabeça constantes. Sedativos e analgésicos acabam sendo exigidos em doses cada vez maiores, comprometendo o restante do organismo. Qualquer raizeiro ou qualquer cigano estudioso do assunto daria uma outra recomendação. Colocar três sementes de sucupira em um litro de vinho branco, mantendo-o na geladeira por três dias. Após esse prazo, tomar um cálice antes das refeições.

PARA FALTA DE AR

Muitas vezes a falta de ar não é decorrente de problemas respiratórios, mas de certas fraquezas cardíacas. É o tipo de problema que deve ser levado imediatamente ao médico, pois se trata de uma região delicada e vital. Os sintomas, no entanto, podem ser minorados e muitas vezes até extintos com o uso de uma simpatia muito simples, utilizada no interior para esses casos. Pegue 20 gramas de raiz de mandacaru e coloque para ferver em um litro de água, deixando em fogo baixo após a água ferver por dez minutos. Coar em seguida e tomar duas colheres de sopa seis vezes ao dia, durante três dias.

PARA DEBILIDADE DO ORGANISMO

Um dos sintomas mais comuns de debilidade do organismo são constantes resfriados, os conhecidos sapinhos nos cantos dos lábios e até mesmo o aparecimento das aftas. Hoje em dia, o estresse é um dos responsáveis maiores por esse tipo de problema, cuja solução pode ser mais simples do que se pensa. Mais uma vez se pode lançar mão da natureza para fortalecer o organismo debilitado e isso pode ser feito facilmente. Pegue vinte gramas de casca de caju e coloque em um litro de água fervente, deixando em fogo baixo por mais dez minutos. Tomar uma xícara a cada seis horas, durante seis dias de cada mês. Observação: Na falta das cascas, pode-se usar a raiz ou as folhas, na mesma quantidade.

PARA O ESTÔMAGO

O mau funcionamento do estômago e dos intestinos é um dos maiores responsáveis por problemas de pele, de mau hálito e de humor das pessoas. Antiácidos, laxantes e todo esse tipo de medicamentos acabam viciando o organismo, agredindo-o. A solução está na própria natureza e isso pode ser feito com uma receita muito simples. Pegue cinqüenta gramas de folhas de cardo santo, coloque numa vasilha e despeje um litro de água quente por cima. Deixe em infusão por quinze minutos, depois coe. Tome um cálice antes das principais refeições. Não faça mais do que um litro de cada vez.

PARA UM FORTIFICANTE MASCULINO

Algumas plantas são simplesmente fantásticas e parecem ter sido feitas especificamente para este ou aquele público. É o caso da catuaba, uma planta tipicamente masculina, pois não apenas combate problemas nervosos e de esgotamento físico, como é um excelente tratamento contra a impotência. Sua preparação para o uso é muito simples. Basta pegar um pequeno pedaço de casca dessa planta, colocar em um litro de vinho branco, deixando fechado na geladeira por três dias. Após esse período, tomar um cálice antes das principais refeições.

PARA INFLAMAÇÕES

Feridas e machucados em geral podem ser um grande problema, principalmente se você não tomou recentemente uma vacina antitetânica, por isso a ida a um posto de saúde é recomendável logo após a ocorrência. Para apressar a cura após isso, no momento de trocar o curativo, faça a seguinte simpatia: Pegue um punhado de folhas de calêndula, lave-as em água corrente, seque-as num pano limpo, depois rasgue-as com as mãos e coloque numa vasilha de vidro. Despeje sobre elas um litro de água fervente. Deixe em infusão por quinze minutos, depois coe num coador de papel ou de pano bem limpo. Assim que amornar, lave o local com essa água.

PARA VERMINOSE

Infelizmente esse é um problema ainda muito comum em nosso país, principalmente nas crianças menos assistidas, mas da qual não escapam adultos também. Por outro lado, nossa natureza é pródiga em elementos para combater os males da verminose em geral e uma planta muito conhecida em todo o Brasil é uma poderosa auxiliar nesse assunto. Enquanto o saneamento e a saúde pública não chegam de fato a todos os pontos necessitados, nada como lançar mão desse conhecimento popular antigo e sempre eficaz. Pegue quinze gramas dos ramos com sementes de erva-de-santa-maria, soque-os ligeiramente, depois coloque em uma vasilha de vidro e despeje um litro de água fervente, deixando em infusão por quinze minutos. Coar e guardar num vidro limpo e aferventado. Tomar uma xícara a cada doze horas, por três dias. Para crianças, reduzir proporcionalmente a dose. Não usar em crianças com menos de cinco anos.

PARA GRIPES E RESFRIADOS

Não há como fugir a esses males, que constantemente estão atacando, principalmente no inverno, quando há sempre uma nova epidemia de gripe, a cada ano sendo apelidada humoristicamente com um nome peculiar à época. É o período de utilização dos famosos chás que, além de serem excelentes para prevenção e cura, também são deliciosos e recomendáveis a qualquer tempo. Nada como um chá com folhas de limoeiro, adoçado com mel, para combater tudo que se refere a gripes e resfriados.

PARA ACIDEZ E GASES

Muita gente sofre com esse mal realmente inconveniente, comum às pessoas que não estão habituadas, por exemplo, ao consumo regular e saudável do vinho, como é o caso dos ciganos. Os arrotos e a sensação de estômago dilatado e pesado tiram todo ânimo e a disposição de quem sofre isso. A solução é fácil, no entanto, com o uso de uma planta muito conhecida. Basta pegar dez gramas de poejo e preparar um chá, usando um litro de água. Adoçar com mel ou açúcar mascavo. Tomar uma xícara a cada oito horas, por três dias seguidos. Durante esse período, evitar alimentos ácidos.

PARA DORES DE CABEÇA

Alguns elementos das simpatias populares são realmente surpreendentes. Muitos deles já foram muito mais utilizados e, por questões de oportunidade, acabam caindo em desuso, simplesmente porque não se pode tê-los à mão, quando necessário. Este é um desses casos, mas não representa um problema insolúvel Para dores de cabeça constantes, nada como um remédio dos mais tradicionais. Pegar cinco gramas de café cru, moer e preparar um chá com meio litro de água. Tomar uma colher de sopa de duas em duas horas. Prolongar o uso por um período de sete dias, interromper e retomar por mais sete dias, se as dores retornarem.

Envie por e-mail

Seu e-mail:

Seu nome:

E-mail do destinatário:







Simpatias Cigana