Make your own free website on Tripod.com
SIMPATIAS ORAÇOES CIGANAS I

PARA ENFRENTAR PERSEGUIÇÕES

O conceito de perseguições é muito bem conhecido pelos ciganos que, ao longo de todos esses séculos, enfrentaram situações de intolerância por todo o mundo. Algumas mais violentas, outras mais veladas, mas todas terrivelmente angustiantes e marcantes para esse povo. Além da persistência quase teimosa e da perseverança, o contato com a fé cristã deu-lhes os argumentos para superar essa situação e uma oração muito conhecida para esses momentos é a seguinte, tirada de Mt 10, 17-23: "Acautelai-vos dos homens, porque vos entregarão aos tribunais e vos açoitarão nas suas prisões. Sereis levados à presença de governadores e de reis, para serdes interrogados. E quando vos interrogarem, não cuideis em como ou o que haveis de falar. Deixai por conta de Deus, que Ele falará por vós. Um irmão entregará à morte outro irmão e o pai ao filho; filhos haverá que se levantarão contra seus pais e lhes decretarão a morte. Sereis odiados por causa de vossa raça, mas aquele que perseverar até o fim, será salvo. Quando, porém, vos perseguirem numa cidade, fugi para outra. Porque em verdade vos digo que não ireis sozinhos: o Filho do Pai estará convosco." Observação: Esta oração era proferida pelo mais velho ancião da caravana, quando esta se dispunha a partir para uma nova viagem.

PARA CULTIVAR O SENTIMENTO DE HONRA

A honra para um cigano é algo acima de qualquer discussão. Em seu rígido código, mesmo um roubo justificado encontra respaldo no sentimento de honra. Sua habilidade em negociar usa todos os argumentos contra a das outras pessoas, mas enganar não é uma arte cigana, mas uma conseqüência disso. O que o cigano abomina é a maldade gratuita, o logro contra o inocente, a injúria e a difamação. Por isso, entre as lições que são transmitidas aos seus filhos, desde a mais tenra idade, encontra-se a oração diária tirada do Salmo 15, como se segue: "Quem habitará teu templo, meu Deus? Quem há de viver contigo no Céu? O íntegro de coração, o que pratica a justiça e fala a verdade com o próprio coração? Que não difama nem faz mal ao próximo? O que não lança injúria contra o seu irmão e que despreza o herege, louvando os que temem a ti? O que jura com sinceridade, não pratica a usura e não aceita suborno contra o inocente? Quem assim procede, habitará contigo, segundo os teus desígnios."

PARA AGRADECER UMA VIAGEM

Tão logo a caravana cigana chegava ao seu destino, os ciganos se reuniam para agradecer a viagem e o fato de terem chegado ao seu destino sem maiores percalços. A oração de agradecimento era pronunciada antes de mais nada. Baseia-se em Dt 8, 6-10 e todo cigano sabe essa oração de cor: "Guardemos os mandamentos do Senhor nosso Deus, para andarmos nos seus caminhos e não os temermos, porque o Senhor nosso Deus os fez entrar numa boa terra, terra de rios, de água, de fontes e mananciais profundos que brotam nos vales e montanhas; terra de trigo e cevada, de videiras, figueiras, romeiras, oliveiras, azeite e mel; terra onde comeremos o pão sem escassez e nada nos faltará. Comeremos, pois, e nos fartaremos para louvar o Senhor nosso Deus pelas terras que nos deu."

PARA AFASTAR TENTAÇÕES

Como qualquer mortal, os ciganos estão também sujeitos às tentações do demônio e de todos os seus enviados, diligenciando no sentido de manter essas entidades afastadas. Para isso, valem-se de uma oração que se encontra copiada num pedaço branco de papel, levado em suas carteiras ou bolsas. Alguns até mandam plastificar para melhor conservação. É um trecho da Epístola de Tiago às Doze Tribos, capitulo 1, versículos de 12 a 15: "Bem-aventurado o homem que suporta com perseverança a provação, porque depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, que o Senhor prometeu a todos os que o amam. Ninguém, ao ser tentado, diga: sou tentado por Deus, porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém tenta. Pelo contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando é atraído e seduzido por ela. Então a cobiça, após conceber, gera o pecado e o pecado, uma vez consumado, gera a morte." Observação: Esta mesma oração, curiosamente, os ciganos recomendam que aqueles que fizeram negócios com eles leiam, quando se sentirem enganados.

PARA DEMONSTRAR ARREPENDIMENTO

A alma cigana, que para muitos pode parecer insensível em função de seus hábitos e de sua cultura, na verdade em nada difere da alma de todos os demais povos. Como eles, os ciganos também se arrependem e não se envergonham de confessar isso a Deus, orando na forma de um trecho de Jó 42, 1-6: "Bem sei que tudo podes, meu Deus, e nenhum de teus planos pode ser frustrado. Quem seria tolo de ignorar tal conselho? Na verdade, falei do que não entendia e pequei contra coisas maravilhosas demais para mim, que nada entendia .Escuta-me, pois! Eu te perguntarei e tu me ensinarás. Eu te conhecia só de ouvir, mas meus olhos queriam duvidar, porque não sabiam das coisas maravilhosas que não viam. Por isso me abomino, meu Deus, e me arrependo no pó e na cinza."

PARA ESCOLHER UM CAMINHO NA VIAGEM

Embora se diga que em seus momentos de hesitação os ciganos sempre tomavam o caminho da direita, na realidade eles o faziam após uma consulta a Deus e nem sempre tomavam o caminho da direita. Diante de qualquer dilema, fosse a escolha do melhor caminho numa viagem ou a respeito da melhor decisão a ser tomada num assunto familiar, os ciganos costumavam buscar essa resposta acendendo uma fogueira no centro de um círculo de pedras e orando conforme Sl 25, 4-5: "Faze-me, Senhor, conhecer os teus caminhos! Ensina-me as tuas veredas! Guia-me na tua verdade e ensina-me, pois tu és o Deus da minha salvação a quem eu espero todos os dias das minha vida."

PARA SUPERAR UMA INJUSTIÇA

Os ciganos foram injustiçados de muitas formas em sua história, desde as ofensas e expulsões, até a condenação a formas humilhantes de morte. Diante delas, jamais se abateram, pois tinham sua fé para defendê-los. Uma fé na justiça divina que encontrava eco nas palavras de Isaías, no capítulo 33, 1-2: "Ai de ti, destruidor, que não foste destruído, que procedes perfidamente e não foste tratado com perfídia! Acabando tu de destruir, serás destruído; acabando tu de tratar perfidamente, serás tratado com perfídia. Senhor, tem misericórdia de nós! Em ti temos confiado. Sê nosso braço manhã após manhã, a nossa salvação no tempo da angústia e a nossa justiça, no tempo da iniqüidade."

PARA RECUPERAR AS FORÇAS E A FÉ

Nós ciganos achamos maravilhoso ler a Bíblia e sentir que aquelas palavras parecem ter sido escritas para nós, aplicadas a cada momento de nossa vida atribulada, ao longo dos séculos e das mais diversas terras. São nesses momentos de reflexões que nos vêm à mente as palavras do Apóstolo Mateus, em 11, 28-30: "Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração. Em mim achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve."

PARA INICIAR BEM O DIA

Este era um hábito antigo, que já não faz mais parte da vida das novas gerações. Usava-se rezar pela manhã, ao se levantar, e à noite, quando se ia dormir. Com o tempo, suprimiu-se a oração da manhã. Hoje, a da noite também, não é feita mais. A fé num Ser Supremo, que cada um traz em seu coração, é a força maior que pode nos conduzir a salvo de todos os malefícios e percalços ao longo do dia. Por isso os muitos ciganos ainda rezam hoje a seguinte oração:

ORAÇÃO CIGANA PARA UM NOVO DIA

"Aqui estou, Senhor meu Deus, em tua presença, diante do altar da natureza, pronto para iniciar um novo dia. A minha alma reconhecida agradece a graça de ver de novo a luz do sol que nos aquece e nos dá a vida. Estou curvado, com meus joelhos no chão, à espera que o Senhor da Bondade se digne a lançar sua bênção sobre seu servo, para que eu possa dedicar este dia a louvar e honrar a vontade daquele que reina sobre a Luz e as Trevas. Aqui me curvo e aguardo as bênçãos sobre mim, minha família, meus amigos e minha gente, para que juntos possamos render graças a Deus, porque ele nos deu a Luz, porque ele nos deu a Vida. Amém!"

Rezar um Pai Nosso em seguida.

PARA AGRADECER PELO DIA

A Oração da Noite tem por objetivo agradecer a Deus pelo que foi concedido e feito durante o dia, sejam os negócios, as conquistas, as viagens, a saúde, tudo, enfim, que correspondeu às expectativas e até mesmo se o dia não foi agradável, porque os desígnios de do Criador não admitem discussão nem crítica. Esta oração, assim como a anterior, estão se extinguindo. Há famílias que já não possuem mais o seu próprio Ritual Cigano de Orações, o que é uma pena. Para agradecer pelo seu dia, faça a seguinte oração, no momento de dormir:

ORAÇÃO CIGANA DA NOITE

"Senhor Deus de Bondade, acolhe meu espírito e descansa meu corpo, ao fim de mais um dia. Purifica minha alma das tristezas e dos dissabores, enquanto a alimenta com as alegrias e os prazeres. Senhor, leva-me ao sono, para que eu possa sonhar com tua glória, reconciliando-me com o passado, aceitando o meu presente e esperando confiante pelo futuro que me anuncias. Concede-me, Senhor, após mais uma noite de descanso que eu tenha a graça de rever a luz do sol, para que possa continuar minha obra de louvar-te, amar-te e cumprir com teus mandamentos. Amém!"

Rezar um Pai Nosso em seguida.

PARA RECONCILIAR-SE COM DEUS

É preciso que se diga que há ciganos católicos, budistas, evangélicos e seguidores de todo tipo de religião. Cada um com sua fé merece de seus irmãos todo apoio, pois o importante é que se alcance a Iluminação e se consiga chegar a Deus. Antigamente, quando um cigano se sentia em falta com o criador, tendo cometido alguma transgressão que lhe pesava na consciência, buscava seu consolo numa oração de pedido de perdão, já, muitas vezes, passavam-se meses até que conseguissem chegar até onde havia um templo ou uma igreja para isso. Rezada com fé, esta oração é uma reconciliação com o Criador. Recomenda-se acender três velas brancas.

ORAÇÃO CIGANA DO PERDÃO

"Senhor Deus, Todo Poderoso, humildemente eu me ajoelho diante de ti para suplicar o perdão por ter transgredido tuas regras e deixado de me apresentar puro diante de ti. Errei por minha fraqueza, incapaz de resistir ao apelo do mal. Somente em tua bondade poderei encontrar ajuda e me fortalecer para suportar as provações que ainda me aguardam. Aflito eu me inclino diante de ti, clamando pelo teu perdão, Senhor de Bondade. Dá-me a rigidez dos teus apóstolos e a sabedoria dos teus profetas para que diante de Satanás eu jamais me incline de novo e possa me apresentar sempre radiante de Luz em tua presença sempre magnífica. Ampara-me, Senhor, estendendo tua mão, para que eu jamais volte a pecar. Perdão! Perdão! Perdão! Amém!" Rezar um Pai Nosso e deixar as velas queimarem até o final.

PARA UM MOMENTO DE PERIGO

Algumas orações têm um poder especifico que dispensa a necessidade de se expressar o pedido ou a necessidade, quando ela é utilizada. No Ritual Cigano de Orações há diversas delas, inclusive aquelas para serem utilizadas no momento de um período imediato. A única diferença sensível entre uma delas e as usadas pelos gadjos é o sinal feito com a mão direita, simbolizando a cruz. Os três dedos do meio da mão direita tocam a testa(+1), depois a região do ventre(+2), o ombro esquerdo(+3), o ombro direito(+4) e terminam espalmando-se no peito(+5). Nesta oração em especial o sinal é feito no início e no final.

ORAÇÃO CIGANA DO PERIGO IMEDIATO

"Em nome do Deus Pai (+1), do Deus Filho (+2), do Espírito-Santo (3) da Virgem Maria (+4), Amém! (5)

Glória ao Pai, que afasta os perigos do caminho!

Glória ao Filho, que eleva as almas para o Céu!

Glória ao Espírito-Santo, Senhor de todas as línguas.

Glória à Virgem Maria, mãe por excelência!

Em nome do Deus Pai (+1), do Deus Filho (+2), do Espírito-Santo (+3) e da Virgem Maria (+4), Amém! (+5)

PARA OS AMIGOS

Há uma oração cigana que é proferida em todas as ocasiões em que a tribo ou a família e os amigos estão unidos, numa festa, num casamento ou qualquer outra celebração. Para nós, a união sempre foi muito importante, porque só podíamos contar conosco, em nossas andanças por terras desconhecidas, encontrando pessoas que não sabíamos como reagiriam a nossa chegada. Manter e fortalecer a união era uma questão de sobrevivência. Deve ser rezada sempre em conjunto, de preferência com as mãos dadas e levantadas acima da cabeça.

ORAÇÃO CIGANA DA UNIÃO E DA AMIZADE

"Senhor, Deus da União, volte para nós, aqui reunidos, a graça do teu olhar de Bondade e de Amor, fortalecendo a amizade e o espírito de união que nos faz todos membros de uma mesma família de irmãos. Derrama sobre nós a tua bênção e a tua proteção, para que, iluminados pela tua grandeza, possamos fazer jus às promessas de Cristo, o maior de todos os Irmãos e aquele que nos uniu definitivamente, Amém!"

PARA A UNIÃO DOS POVOS

Há uma antiga oração cigana, rezada em conjunto pela tribo toda, nas festas de fim de ano, durante uma cerimônia mais ou menos parecida com a Missa do Galo, que precedia a Ceia de Natal. É um pouco extensa, mas de grande poder, podendo ser utilizada pela família reunida, nos momentos que antecedem a Ceia que celebra o nascimento de Cristo. Não existe registro de que ela fosse usada em qualquer outra ocasião, exceto essa.

ORAÇÃO CIGANA PELA UNIÃO DOS POVOS

"Senhor Deus, Todo Poderoso, nós te pedimos nesta hora, pela intercessão de todos os santos que se guiaram pelo exemplo de Cristo, que nos conceda a Luz para perceber o Caminho, a Verdade, para trilhá-lo, a Vida para percorrê-lo na tua graça e nos teus ensinamentos. Digna-te, Senhor da Bondade, a nos fazer companhia nesta noite de paz na terra entre os homens de boa vontade, para que possamos, na reflexão provocada pela tua presença, entendermos melhor o destino que nos reservas e tudo aquilo que esperas de nós. Nós te bendizemos nesta noite, te louvamos e te honramos, assim como a teu dileto Filho e nosso Irmão, Jesus Cristo, que por nós se submeteu ao suplício, deixando-nos o exemplo e a lição sublima da ressurreição. Envolve-nos, Senhor, no manto sereno da tua proteção, para que possamos, por mais um ano, louvar-te aqui na Terra, da mesma forma como o coro de Anjo te louva no Paraíso. Amém!"

PARA PERIGO IMEDIATO

Diante da insegurança com que se depara o cidadão comum, só mesmo recorrendo à ajuda de forças mais poderosas que todo o aparato policial para conseguir fazer algo tão simples como ir e voltar do trabalho. Além disso, outras situações de perigo imediato podem surgir a qualquer hora do dia e em qualquer situação, desde um tropeção até a iminência de ser atropelado na calçada. A Oração do Sacrário é recomendada para ser feita quando se sai de casa e deve ser dita em voz baixa. Quando voltar para casa, antes de entrar, rezá-la de novo.

ORAÇÃO DO SACRÁRIO

Salvo fui, salvo sou e salvo sempre serei.

Com a chave do sacrário eu me fecharei.

Nenhum perigo há de me afetar,

Nem na ida, nem quando voltar.

Como sair eu voltarei,

Nenhum mal encontrarei.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Fazer o sinal da cruz.

PARA SE DEFENDER DE INIMIGOS

São inúmeras as orações para defesa contra os inimigos. Aqui no Brasil são chamadas de orações para fechar o corpo, mas na antigüidade eram as chamadas orações para a invisibilidade. Segundo os registros, as orações eram precedidas de um ritual, onde o corpo da pessoa era untado com uma pomada mágica. Em seguida, era rezada a oração, tornando-a invisível para seus inimigos. Naqueles tempos de conspirações, isso deveria ser extremamente útil. Uma das orações para esse fim mais divulgada e utilizada pelos ciganos é a seguinte:

ORAÇÃO DE NOSSA SENHORA DO SOCORRO

Em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo (fazer o sinal da Cruz três vezes). Eu, diante de Deus e coberto com o manto poderoso de Nossa Senhora do Socorro, andarei e não serei visto. Passarei pelos meus inimigos que nenhum mal me farão, mas poderei atingí-los. Um Anjo me acompanhará e sua espada ceifará aqueles que virem minha sombra ou meus passos na poeira da estrada. Cegos ficarão, mudos quedarão, imóveis cairão, pelo braço onipotente que se abaterá sobre quem quiser me fazer mal. Em pedra se transformará e seus olhos serão estrelas para enfeitar o manto de Nossa Senhora, que me protege com seu poderoso manto e me manda seu Anjo. Em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo (repetir três vezes o sinal da Cruz). Fazer esta oração por quatro vezes seguidas, no centro de quatro velas dispostas na direção dos pontos cardeais, rezando-a uma vez em cada uma dessas direções. Finalizar com um Glória ao Pai e uma Salve Rainha.

PARA DOENÇAS CONTAGIOSAS E MORTE DOLORIDA

É importante conhecermos a vida dos santos para podermos entender o poder de cada uma das orações específicas hoje existentes. Apesar disso ser quase impossível, já que cada dia tem no mínimo dois ou três santos padroeiros, conhecer pelo menos os mais famosos já significará um avanço. São Sebastião é lembrado como o santo morto pelas flechas e é assim que sua imagem o representa, com o corpo crivado e sangrando. Sua ajuda é valiosa para afastar doenças consideradas contagiosas e, na Idade Média, a oração era copiada num papel e levada ao pescoço, num relicário, para proteger contra a praga. Além disso, afasta toda possibilidade de morte dolorida. Para isso, é preciso que sua oração seja rezada no dia 20 de janeiro, diante de três velas acesas juntas. A cada vez que aparecer o sinal (+), passar rapidamente as palmas das mãos sobre as chamas, primeiro a direita, depois a esquerda. Fazer num domingo, logo após ter confessado e comungado.

ORAÇÃO DO MÁRTIR SÃO SEBASTIÃO

"Meu valente e glorioso mártir São Sebastião, humilde servo de Nosso Senhor Jesus Cristo, filho de Deus, Todo Poderoso, tu que tivestes o corpo crivado por setas pagãs(+), pelo amor de sua fé, seja meu escudo e defesa contra as pestes e as doenças contagiosas que possam afetar meu corpo, livrando-me também de toda morte lenta e dolorida(+). Eu, pobre criatura de Deus, te peço pelo amor de tua fé, e te suplico que seja meu guardião e meu amparo(+), intercedendo junto ao Todo Poderoso para que o cálice da dor não me seja servido e que eu possa morrer na glória de Deus, cercado pelos meus, em paz e na graça de Cristo(+). Rezar em seguida três Pai Nosso, três Ave Maria.

PARA PROTEÇÃO TOTAL

Enquanto os alquimistas buscavam a Pedra Filosofal, os místicos e religiosos buscavam a Oração Universal, isto é, aquela que seria a defesa contra todos os males físicos e espirituais, protegendo contra feitiços, doenças, inimigos e tudo que pudesse ameaçar um ser humano. Seu poder tem sido testemunhado ao longo dos séculos por inúmeros registros. De tão forte, é uma oração que não deve ser pronunciada, mas apenas copiada, de próprio punho pelo cristão, e levada em seu bolso ou carteira, mantendo sempre uma cópia de reserva guardada dentro de uma Bíblia. Para copiá-la deve ser usado um papel virgem e uma caneta nova e isso é absolutamente imprescindível. Antes de copiá-la, a pessoa deve tomar um banho completo, vestir uma roupa branca e ter confessado e comungado, sem ter omitido deliberadamente nenhum pecado. Se tiver que emprestar para alguém copiar, empreste sempre a cópia de reserva, jamais a de seu uso.

ORAÇÃO DO SANTO MADEIRO

Deus te salve, Santo Madeiro, onde Cristo foi crucificado e onde me penitencio de minha vida de pecados, benzendo-me com o sinal da cruz (fazer o sinal). Santo e Sagrado Madeiro onde Cristo foi crucificado, amparai-me e salvai-me do pecado mortal, do poder do demônio, do inferno, das chamas do purgatório e do poder de meus inimigos materiais e espirituais. Para me proteger eu me benzo com a Santa Cruz de Cristo para que meus inimigos não tenham poder para me ofender e de seu furor estarei protegido, seja de dia, seja de noite. Livrai-me Santo Madeiro das guerras e das pestes, das dores e das humilhações, dos acidentes e dos suplícios, dos sofrimentos físicos e espirituais, de todas as doenças, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Guarda-me, Santo Madeiro, na hóstia santa e consagrada, no cálice bento, no manto da virgem e no sudário de Cristo para que nenhum raio ou veneno me atinjam, nenhum instrumento ou animal me ofendam, nenhum olho me afete ou faça mal. Santo Madeiro, onde Cristo foi crucificado e onde escorreu seu santo sangue, pela última lágrima de Seu corpo, pelo último suspiro de seu corpo, que todos os meus pecados e crimes sejam perdoados e nenhum braço me tolha nem laço me prenda nem ferro me detenha. Toda chaga em meu corpo será curada pelo poder do sangue de Cristo, escorrido em ti, Santo Madeiro. Todo mal que se aproximar de mim será crucificado em ti, como Cristo o foi. Toda maldade contra mim será enterrada a seus pés. Encantai-me, Santo Madeiro, pelo poder de Jesus Cristo, para que eu seja protegido contra todo poder e a força da justiça esteja do meu lado. Para que eu seja salvo da morte e da desgraça, para que prisões não me segurem e para que a sorte seja minha companheira. Contigo, em Cristo e na Glória do Pai eu andarei e me salvarei, serei procurado, mas não serei achado, serei caçado, mas não serei ferido, serei alvo, mas não serei caça. Quando me procurarem na terra, estarei no ar. Quando me quiserem no ar, me esconderei na água. Quando me buscarem na água, estarei me aquecendo ao fogo santo do Santo Madeiro, na Glória de Deus Pai Todo Poderoso, do Filho e do Espírito Santo, amém. Terminando de fazer a primeira cópia, providencie imediatamente a segunda, sem dar intervalo entre uma e outra. A primeira deverá ser dobrada e posta no bolso imediatamente. A segunda será levada inteira para dentro de uma Bíblia. Observação: Como se tratam de orações que correram o mundo, existem centenas de variações de uma mesma, como é o caso desta oração do Santo Madeiro, originariamente encontrada na Espanha. Sabe-se, no entanto, que existem algumas variações espalhadas pelo mundo todo, com ligeiras variações no nome, como Oração da Santa Cruz (Portugal), do Santo Lenho (Nordeste do Brasil), do Santo Pau (Angola), da Madeira Santa (Inglaterra e países de língua inglesa) e outros.

PARA APRESENTAR O FILHO A DEUS

Todos os povos antigos pareciam ter uma prática semelhante, que consistia em apresentar uma criança recém-nascida à divindade. Não apenas nas tribos ciganas antigas isso era freqüente, mas em outros continentes, por exemplo, como os índios norte-americanos, os esquimós, só para citar uns poucos. Com a propagação do batismo católico, essa prática foi perdendo o sentido, apesar de ter persistido, com menor intensidade, em algumas tribos mais conservadoras. Assim que uma criança nasce e depois dos cuidados iniciais, ela é embrulhada num cobertor e entregue ao pai, que a descobre e levanta acima da cabeça, com as duas mãos, enquanto profere a seguinte oração:

ORAÇÃO CIGANA DO BATISMO

"Senhor Deus, teu humilde servo traz a tua presença amantíssima o fruto do seu amor, para ser purificado e abençoado. Digna-te, Senhor, a lançar suas graças para esta criança, para que ela cresça na Virtude e se escude na Fé, protegida pelo Perdão, amparada pela Sabedoria e guiada pela força dos teus ensinamentos. Dá-me, Senhor, a força para ser o Pai Amado que, imitando tuas virtudes, consiga levar a cabo sua missão de fazer deste um legítimo Filho de Deus. Amém"

PARA UMA VIAGEM SEGURA E BEM SUCEDIDA

Para os ciganos, a Bíblia é uma fonte de orações, pois suas passagens interpretam a alma e as necessidades humanas com perfeição e inspiração. Dentre os livros, os ciganos tem uma predileção pelo dos Salmos e entre eles há um que tem um significado todo especial para nós, que é o de número 119, que se divide em letras do alfabeto hebraico, cada qual contendo um canto diferente. Para que uma viagem seja cercada de sucesso e de sorte, um cigano costuma orar, na saída e na chegada, a seguinte passagem:

ORAÇÃO ALEFE

"Felizes os que trilham os caminhos retos e andam na lei do Senhor. Bem-aventurados os que guardam os seus testemunhos e o buscam de todo o coração. Não praticam iniquidades, mas andam em seus caminhos. Oxalá os meus caminhos fossem dirigidos de maneira a poder eu observar as tuas leis para não ser confundido e estar atento a todos os teus mandamentos. Louvar-te-ei com retidão de coração, quando tiver aprendido os teus justos juízos e observarei os teus estatutos: não me desampares, Senhor!"

PARA SER JUSTO E VERDADEIRO

Todo cigano conservador, ao se casar, recebe de seu pai a recomendação para que decore essa oração. Deve ser decorada antes que nasça o primeiro filho e sobre ela deve meditar sempre que possível, pois ensina um pai a ser pai e chefe de família exemplar.

ORAÇÃO BETE

"De todo o meu coração eu te busquei, ó Senhor, para que não me deixes desviar dos teus mandamentos, pois escondi a tua palavra no meu coração, para não pecar contra ti. Bendito és tu, Senhor, que me ensina as tuas leis. Com os meus lábios declaro todos os teus juízos e me satisfaço com a riqueza de seus ensinamentos. Em teus preceitos eu medito e busco a correção dos teus caminhos. Não me esqueço de tua palavra e me completo na tua sabedoria."

PARA SE FAZER JUSTIÇA

Hoje, como no passado, a justiça é uma conquista muito relativa e aos menos afortunados sempre foi mais prudente calar-se do que protestar. A sabedoria cigana ensina que a verdadeira justiça está no tempo e na lei de Deus, que ambos são inexoráveis e não falha. Para dar forças para resistir e ao mesmo tempo convocar essa justiça, esta é a oração:

ORAÇÃO GUIMEL

"Faze justiça ao teu servo, para que viva e observe a tua palavra, Senhor. Desvenda os meus olhos para que eu veja as maravilhas da tua lei. Sou peregrino na terra: apresenta-me os teus mandamentos. A minha alma louva a tua providência. Repreendeste os soberbos e amaldiçoastes os orgulhosos que sobre mim lançavam opróbrios e desprezo. Enquanto se uniam e tramavam contra mim, eu meditava sobre teus mandamentos e clamava pelo teu auxílio. Pois só de ti espero a justiça. Pois só de ti espero o auxílio definitivo."

PARA ENFRENTAR A TRISTEZA

Há momentos na vida em que somos atingidos pela tristeza, por motivos diversos. É um sentimento que vem e se instala no coração. Para um cigano, a tristeza gera a melancolia, que o torna apático e alheio a tudo aquilo que sempre lhe trouxe felicidade e alegria. Para a alma cigana, esse talvez seja um dos sentimentos mais terríveis, por isso é que buscam o consolo e o auxílio onde sabem que o encontrarão. Eles estão nessa oração:

ORAÇÃO DÁLETE

"A minha alma está pegada ao pó; levanta-me e vivifica-me, Senhor! Ensina-me os teus mandamentos e faze-me entender o caminho de seus ensinamentos, para que de ti eu fale maravilhas. A minha alma ora se consome de tristeza. Fortaleça-me, Senhor, na graça da tua alegria. Não me deixe confundir teus mandamentos. Alegra-me o coração, Senhor, para que eu cante em teu louvor novamente."

PARA EVITAR A VAIDADE E A COBIÇA

Sabem os ciganos, que conviveram com os povos mais poderosos de toda a História, o quanto esses sentimentos são negativos e perniciosos. Desde criança os pais ensinam seus filhos a evitá-los, tanto quanto ensinam buscar o equilíbrio e a ponderação na força de uma oração poderosa.

ORAÇÃO HÊ

"Ensina-me, Senhor, o caminho da retidão e guardarei seus ensinamentos até o fim. Dá-me discernimento e guardarei as tuas leis, observando-as e disseminando-as. Faze-me caminhar na vereda dos teus mandamentos, pois nela encontro satisfação. Dirija meu coração para os teus testemunhos e não para a cobiça. Desvia os meus olhos da vaidade e mostra-me o caminho. Afasta de mim o opróbrio e apresenta-me a tua justiça. Porque em ti estão a minha vida e a minha alma."

PARA SUPORTAR PERSEGUIÇÕES E AFRONTAS

Por ser um povo passional e aguerrido, os ciganos amargaram muitas perseguições e muitas afrontas. Com o tempo aprenderam a lição do arbusto que se verga para não quebrar e que se une para ser forte e resistente. Para isso, uma importante lição sempre foi a seguinte oração:

ORAÇÃO VAU

"Venha a mim a tua misericórdia, Senhor, e a salvação segundo a tua palavra. Assim poderei resistir ao que me persegue e encarar o que me afronta, na confiança da tua palavra. E andarei em liberdade, porque busquei a justiça de teus preceitos. Venha a mim a tua misericórdia, Senhor, e darei testemunho perante meus perseguidores e não me envergonharei, mas levantarei as minhas mãos e darei graças e renderei glória aos teus mandamentos."

PARA RECONHECER UMA GRAÇA

Os gadjos podem afirmar o que desejarem dos ciganos, pois são culturas diferentes. Só não podem afirmar que nosso povo é ingrato, pois jamais deixamos de reconhecer uma ajuda ou uma graça. Quando precisa de forças e de auxílio superior, um cigano não hesita em recorrer ao seu Criador, usando a oração adequada. Tão logo obtém a graça, no entanto, reconhece a atenção divina e a agradece em seguida.

Para isso, tem uma oração especial.

ORAÇÃO ZAINE

"Lembraste-me da palavra dada aos teus servos e não me fizeste esperar. Isto foi o meu consolo na angústia e a resposta a minhas orações. Sua palavra me vivificou. Quando zombaram de mim, não me deixaste desviar da tua lei. Lembrei-me de teus ensinamentos, Senhor, e neles encontrei o auxílio e o consolo. Os teus mandamentos têm sido, desde então, os meus cânticos no lugar das minhas lamentações. Toda noite eu me lembro do teu nome, ó Senhor, e procuro observar a tua lei. Guardei teus mandamentos e fui recompensado. Rendo-te graças por isso, meu Deus."

Envie por e-mail

Seu e-mail:

Seu nome:

E-mail do destinatário:







Simpatias Cigana